domingo, 15 de maio de 2011

Anos de azar!

O folclore japonês diz que, ao longo da vida, todos passarão por momentos de transição. Alguns desses períodos merecem cuidados especiais, pois são chamados de anos de calamidade, os temidos “yakudoshi”. Se você é homem e vai fazer 42 anos, ou mulher e completará 33, tome cuidado! Segundo a superstição nipônica, essas idades são propícias para infortúnios.
Com um fundo religioso e muita crença popular, os japoneses e alguns nikkeis mantêm a tradição, contornando a dita “má fase” com muita festa e principalmente otimismo. A tradição manda que amigos e familiares desejem bons fluidos para o azarado aniversariante, fazendo com que as calamidades não o afetem durante todo o ano. Nessa ocasião, são os mais chegados que devem contribuir com a festividade, o chamado “yakuiri”.
Já no ano seguinte, é a vez do “yakubarai”, quando o aniversariante deve agradecer aos convidados os votos por ter passado um período ileso. Ou seja, mais festa, dessa vez, tudo por conta dele. No Japão, os mais supersticiosos costumam visitar templos xintoístas durante a época para fortalecer o lado espiritual e se esquivar das mazelas do yakudoshi.
Não se sabe ao certo como surgiu o tal mito. Mas uma das explicações mais aceitas é o fato das idades amaldiçoadas serem foneticamente semelhantes a palavras mórbidas. No caso dos homens, 42 significa também “morte”. Já a desgraça feminina se dá pelo 33 ser lido também como “sanzan”, ou “desastroso”, “terrível”.
As datas e os costumes podem variar de acordo com os costumes de cada região no arquipélago. Em alguns casos, o yakudoshi é precedido pelo “maeyaku” e seguido pelo “atoyaku”, totalizando 3 anos de transição – haja pique para festejar e afastar os infortúnios por tanto tempo!

Fonte: Made in Japan nº 143

Post by: Luffa desu. (ADM da noite)

Nenhum comentário:

Postar um comentário