terça-feira, 29 de novembro de 2011

Origem e História das Kokeshi

 

Há poucos registros sobre a origem e história antiga das bonecas japonesas kokeshi. Acredita-se que elas têm suas origem na prática religiosa, porém poucas informações sobre sua história podem ser consideradas verdadeiras, pois a imaginação dos antigos japoneses criou diversas lendas (algumas até assustadoras) para a história das kokeshi.
Existem versões relatando que a kokeshi seria a representação de uma lenda aterrorizante, de um período de intensa escassez de alimentos em que crianças teriam sido sacrificadas para a sobrevivência dos habitantes da região de Tohoku (norte do Japão). Por isso, a kokeshi não teria braços e pernas.
Já em Okinawa (ilha do extremo sul do Japão), a kokeshi foi adotada como parte das cerimônias fúnebres de crianças que não atingiam 1 ano de idade. Era comum acreditarem que a alma do bebê morto fixava-se na boneca e os familiares então ofereciam doces, alimentos e origamis à kokeshi, para que a alma não se sentisse perdida após a morte.
A história moderna das bonecas japonesas kokeshi começou na parte final da Era Edo (1603-1867), na região de Tohoku (norte do Japão), famosa pelas suas águas termais. Artesãos locais (conhecidos como Kijiya, que significa carpinteiro em japonês), especializados em trabalhos de madeira e produção de utensílios domésticos como bandejas, começaram a fazer as bonecas kokeshi para vender como lembranças aos visitantes da região durante os rigorosos invernos. Além de atuar como importante fonte de renda extra para os artesãos, acredita-se que as bonecas também eram usadas como ferramentas de massagem para os ombros pelos banhistas.
Antes das kokeshi, no Japão só existiam as bonecas de porcelana, muito caras e acessíveis somente às crianças de ricas famílias. A kokeshi então se tornou a opção para todas as outras crianças e consagrou-se como uma arte popular japonesa. Os antigos agricultores japoneses também acreditavam que dar as bonecas kokeshi às crianças favoreceria boas colheitas: caso as crianças gostassem e brincassem com as bonecas, os Deuses ficariam com uma impressão positiva sobre a união e espírito familiar


By Mymy-sama

Um comentário: